.

.

sexta-feira, 16 de abril de 2021

Covid-19: Maranhão sai da zona crítica de ocupação de leitos de UTI



Segundo dados do Boletim Extraordinário do Observatório Covid-19, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) informou que a pandemia deve permanecer em níveis preocupantes ao longo do mês de abril. Mesmo com valores recordes no número de óbitos e aumento de novos casos, o Maranhão saiu da zona crítica de ocupação hospitalar para a zona de alerta intermediária, com 78% de ocupação.

Os pesquisadores apontaram que as medidas restritivas adotadas por alguns estados e municípios produziram “êxitos localizados”, que podem resultar na redução de casos graves da doença nas próximas semanas.

Em um cenário em que o isolamento social mais rigoroso ainda não teve impacto sobre o número de óbitos e a demanda hospitalar dos pacientes com covid-19, a flexibilização dessas medidas nesse momento pode fazer retornar o ritmo acelerado de transmissão.

A Fiocruz reforça que tanto a CoronaVac quanto a Oxford/AstraZeneca preveem duas doses para que o esquema vacinal seja completo. Diante disso, é recomendado planejamento da imunização, monitoramento e busca ativa dos faltosos na segunda dose, o que é necessário para alcançar a proteção pretendida pela vacinação e não desperdiçar recursos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário